Ter a casa própria é o sonho de muita gente, mas a compra do primeiro lar pode gerar dúvidas sobre qual a escolha certa. Uma das grandes dúvidas de quem procura uma nova moradia é com relação ao tipo de empreendimento. E decidir se a melhor opção é adquirir um imóvel na planta ou pronto para morar é o início de tudo.

Você tem dúvidas sobre qual a melhor opção? A nossa arquiteta Ana Flavia Rêgo compartilha dicas importantes para que essa decisão seja feita a contento da sua preferência.

Imóvel na planta

“Uma vantagem importante da compra do imóvel em planta é a possibilidade do planejamento financeiro. Dependendo do valor financiado, o imóvel comprado dessa forma pode sair mais barato do que a compra de um imóvel pronto”, ressalta a arquiteta. Com isso, as facilidades de pagamento podem ser negociadas, como entrada parcelada e financiamento de acordo com a renda mensal do comprador.

Outro ponto vantajoso para essa compra é o acompanhamento das etapas da construção. “Comprado em planta dá possibilidades para que o cliente e arquiteto possam planejar o projeto de interiores como, por exemplo, os desenhos de marcenaria ou possíveis alterações em planta. Nessa fase é possível também articular mudanças diretamente com a construtora antes do início da obra”, explica Ana Flávia.

A segurança de obter um imóvel novinho também é outro atrativo para quem opta pela compra na planta, pois traz a certeza de que a propriedade será entregue contendo o que há de moderno no mercado da construção civil.

Mas um ponto que deve ser levado em consideração é o tempo de espera para receber o empreendimento. Por isso, é importante que o cliente pesquise o histórico da construtora. Dessa forma, terá mais segurança para fechar o negócio certo.

Imóvel pronto

A vantagem principal de comprar uma residência já pronta é a agilidade na mudança. “O imóvel pronto é mais vantajoso quando, para o cliente, há pressa! A entrega será mais rápida comparada à entrega de um imóvel comprado em planta”, reforça a arquiteta.

Para quem opta por adquirir uma casa ou apartamento prontos, alguns detalhes já podem ser avaliados como condições estruturais, incidência de luz, instalações elétricas, sistema de abastecimento de água, ventilação e áreas de lazer. Outra questão que pode ser considerada é a situação dos acabamentos que muitas vezes já estão finalizados e pode trazer economia nessa área.

Assim como as condições do imóvel já pronto devem ser observados, se a propriedade for antiga, possíveis reformas ou manutenções serão necessárias. Então, todas essas questões devem ser colocadas em uma balança para que a escolha do formato de compra seja satisfatória e traga apenas benefícios na sua nova moradia.