Ter um apartamento ou casa própria é o sonho de milhares de brasileiros, mas a burocracia na obtenção de crédito e dificuldades financeiras ainda são empecilhos para que as pessoas conquistem seu tão sonhado lar. Existe uma boa alternativa para quem pretende ser aprovado no banco e dar entrada nos processos para compra do imóvel, que é a composição de renda para o financiamento.

A composição de renda funciona da seguinte forma: em conjunto com outra pessoa de confiança o indivíduo pode solicitar um pedido de financiamento de imóvel, essa atitude vai facilitar a compra, principalmente para quem não tem grande rendimento mensal. Importante ressaltar que todas as pessoas que compõem a renda para obter o financiamento imobiliário também são consideradas proprietárias do bem. Diante disso, é sempre indicado avaliar muito bem com quem fazer esse tipo de compra em conjunto.

Os bancos possuem algumas condições para a liberação de um financiamento para imóveis, inclusive, quando há composição de renda:

                • A análise de risco de crédito será feita para todas as pessoas que solicitarem o financiamento na modalidade composição de renda;

                • O imóvel deve estar localizado na mesma cidade ou mesma região onde as pessoas que solicitarão o financiamento residem há, pelo menos, um ano ou exerçam seu trabalho;

                • Além disso, existem outras exigências gerais, como maioridade dos solicitantes ser brasileiro ou ter direito à residência permanente no país, além de não ter restrições de crédito, como CPF cadastrado no SERASA, por exemplo.

Como é feita a análise de crédito?

A análise de crédito é feita individualmente. Nenhum dos proponentes pode ter pendências cadastrais. Cada participante pode utilizar os recursos de suas contas vinculadas ao FGTS para compor a entrada, liquidar parcelas ou amortizar o saldo devedor, conforme as regras próprias de utilização do fundo.

A idade dos participantes influencia na composição?

A idade de cada proponente é um fator que impacta diretamente na viabilidade da composição de renda e deve ser avaliada rigorosamente antes que sejam definidos os participantes. Para definir o prazo máximo do financiamento, será levada em consideração a idade do participante mais velho, já que existe uma idade máxima para que alguém tenha um financiamento imobiliário ativo no país.