Tempo de leitura: 3 minutos

Todas as pessoas querem ter a garantia de que fizeram um bom negócio. Essa necessidade cresce conforme o valor do investimento aumenta. Assim, na compra de uma propriedade imobiliária, esse desejo se manifesta intensamente. No entanto, você sabe como negociar a compra de um imóvel, fazendo sempre uma boa escolha?

Ao analisar a compra, o investidor diminui as chances de se arrepender depois de assinar o contrato. Afinal de contas, não existe nada pior do que perceber que o imóvel adquirido não atende às suas expectativas.

Por isso, se você quer algumas dicas para evitar passar por essa situação, basta continuar lendo este artigo. Vamos lá?

Deixe a emoção de lado

Para elaborar uma proposta de compra realista, o comprador precisa deixar de lado alguns sentimentos, como o entusiasmo e a euforia. É lógico que adquirir um imóvel deixa os consumidores contentes, mas, quando a compra é levada apenas por fatores emocionais, é comum que as pessoas ignorem detalhes que podem fazer a diferença no futuro.

Na dúvida, peça a opinião de pessoas próximas, além de sempre contar com o suporte de um profissional imobiliário.

Vistorie o imóvel

Um erro comum que impacta a elaboração da proposta de compra é a negligência durante a vistoria. Muitos indivíduos confundem essa etapa da compra com uma mera visita ao imóvel.

Elaborar uma proposta de compra exige informação — e a vistoria é uma das fontes de informação mais importantes na hora de investir no mercado imobiliário.

Compare os imóveis

Existem muitos fatores que podem compor o preço de um imóvel, como a sua localização, o tamanho, a arquitetura, a qualidade dos acabamentos, materiais e etc. Por isso, quando for verificar se o preço pedido pelo proprietário está adequado ao mercado, compare a propriedade com uma semelhante.

Isso se torna mais simples quando o comprador conta com a ajuda de uma empresa especializada no mercado de imóveis, como uma construtora ou incorporadora.

Verifique itens que podem reduzir o valor do investimento

A necessidade de uma reforma no imóvel pode ser uma oportunidade para pleitear uma redução no valor da compra. Para que isso funcione, faça um orçamento mostrando o quanto precisará ser investido nessa iniciativa.

Ademais, o pagamento à vista pode ser uma ação que ajuda o vendedor a se esforçar para que a compra seja finalizada.

Evite erros que aumentem o custo do negócio

Elaborar uma proposta de compra pede organização e análise de dados. Quanto mais rápido o comprador finalizar essa etapa, mais rápido ele estará diante da concretização do seu objetivo.

Por isso, verifique a documentação do imóvel, as certidões negativas, as exigências para financiamento etc. Assim, o processo de compra ocorrerá de forma simples — fazendo com que ambas as partes fiquem satisfeitas. Outro erro comum na hora de elaborar uma proposta de compra é se esquecer dos gastos adicionais, como o ITBI e os custos cartoriais.

Agora que você entendeu como elaborar uma proposta de compra, deve ter percebido que a chave para o sucesso do negócio é estar sempre bem assessorado. Então, evite comprar diretamente do vendedor. É mais seguro comprar de empresas especializadas em imóveis, como as construtoras.

Gostou do nosso conteúdo que trata sobre como negociar a compra de um imóvel? Se você ainda vive em uma casa alugada, continue aqui no blog. Temos um artigo mostrando três motivos para você deixar o aluguel!